Local
Autor da lei que instituiu no Governo Federal a Política Nacional de Prevenção da Automutilação e do Suicídio, o ministro da Cidadania, deputado licenciado Osmar Terra, aceitou convite e deverá estar em Paranavaí para falar sobre este assunto e também sobre drogas, já que a Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senad) está afeta ao seu Ministério.
O convite foi feito pelo presidente do Conselho Municipal de Polícias Públicas sobre Drogas (Comud), Dante Ramos Júnior, que está em Brasília tratando de assuntos relativos a programas de combate e prevenção a drogas que podem ser implantados em Paranavaí.
Terra informou que já está acertando com sua assessoria uma data para estar na cidade, debater com a comunidade e fazer “um grande trabalho de prevenção ao suicídio em Paranavaí. Estou aqui para ajudar”, disse o ministro.
Ao fazer o convite, Ramos Júnior asseverou que tem crescido o número de suicídios na cidade. “O suicídio hoje é uma epidemia no Brasil, infelizmente”, disse Osmar Terra. “Há um grande número de pessoas que fica deprimida ou que tem algum transtorno que favorece a intenção de suicídio. E isso é muito grave. Nós temos que enfrentar isso, temos que resgatar essas pessoas, evitar que elas cometam esse ato extremo. Sou autor da nova lei que trata da prevenção do suicídio e da automutilação. Então quero dizer que isto não é uma fatalidade, tem como se evitar e nós temos que criar políticas públicas em cada município brasileiro para prevenir esta tragédia. Então estamos aqui definindo uma ida a Paranavaí para discutir e fazer um debate com a comunidade e fazer um grande trabalho de prevenção ao suicídio lá”, finalizou o ministro.
DROGAS – O presidente do Comud também esteve com a diretora nacional de cuidados, prevenção e reinserção social do Senad, Cláudia Gonçalves Leite, com quem tratou de ações conjuntas para fortalecer a política de prevenção e combate às drogas em Paranavaí. Na ocasião, Dantes Ramos Júnior informou sobre o Centro Integrado Social, que está em fase de implantação em Paranavaí em parceria com o Departamento Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas e a Unipar – Universidade Paranaense – campus de Paranavaí.
Ramos esteve em Brasília também para participar de reunião com a Frente Parlamentar da Justiça Notarial e Registral. Ele é titular do Cartório de Registro Civil de Paranavaí.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.