Local
REINALDO SILVA
Já são 9.976 casos de dengue em todo o Paraná. Desse total, 848 foram registrados no Extremo Noroeste, onde três pessoas morreram por causa da doença. Dos 28 municípios que compõem a região, seis estão em situação de epidemia.
As informações são da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e foram atualizadas na manhã de ontem. Apontam para o momento preocupante em Porto Rico, Nova Londrina, Loanda, Amaporã, Paranapoema e Cruzeiro do Sul, todos com quadro epidêmico.
Paranavaí não aparece entre os municípios com índice de epidemia. Apesar disso, na semana passada a Administração Municipal informou que o número de confirmações ao longo deste ano e a quantidade de casos em investigação são suficientes para estabelecer essa classificação.
Em todo o Paraná já foram confirmadas 16 mortes por dengue. Sete na região de Londrina, três na região de Cascavel e uma na região de Foz do Iguaçu, além das três na região de Paranavaí.
A orientação para os moradores é que mantenham os quintais limpos e não deixem água acumulada em latas, garrafas e outros objetos. Reservatórios devem ser devidamente tampados. Tudo isso para evitar que o mosquito transmissor da dengue, Aedes aegypti, deposite os ovos e complete o ciclo reprodutivo.
Para o poder público, as determinações incluem intensificar as ações de conscientização da comunidade, a fiscalização e os mutirões de limpeza. Outra diretriz é fazer a eliminação mecânica dos criadouros do mosquito em regiões onde há casos confirmados da doença.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.