Local
REINALDO SILVA
Paranavaí foi o quinto município que mais gerou emprego no Paraná durante o mês de julho. Foram 821 contratações e 602 demissões, totalizando 219 postos de trabalho com carteira assinada. 
As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Governo Federal, e mostram que de janeiro a julho Paranavaí registrou 304 admissões a mais do que desligamentos. No acumulado de 12 meses, o saldo é de 337.
Nos meses anteriores, a economia paranavaiense já dava sinais de que seguiria com bons resultados. Em junho, o município contabilizou 60 contratações a mais do que desocupações. Em maio, foram 84.
COMPARAÇÕES – O desempenho positivo de julho foi superado por apenas quatro municípios paranaenses: Curitiba, com a criação de 2.684 empregos formais; Cascavel, que teve saldo de 476 contratações; São José dos Pinhais, com 358; e Pinhais, que registrou 221 novos postos de trabalho.
Em relação a outros municípios do Noroeste do Paraná, o desempenho de Paranavaí teve destaque. Maringá, por exemplo, contabilizou 11 novos empregos formais. Umuarama, Campo Mourão e Cianorte tiveram mais demissões do que contratações, alcançando saldos de -26, -32 e -135, respectivamente. 
AGROPECUÁRIA – O setor da economia que mais contribuiu para os resultados positivos alcançados por Paranavaí foi a agropecuária, com 72 contratações. De acordo com a gerente da Agência do Trabalhador, Elen Della Pria Kumatsu, os períodos de atividades no campo são sempre marcados por números favoráveis.
Segundo ela, também tiveram papel importante na geração de empregos em Paranavaí: indústria de transformação, com saldo de 64; serviços, com 42; construção civil, com 27; e comércio, com 14 novos empregos formais.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.