Local
REINALDO SILVA
Termina na próxima sexta-feira (31) a campanha estadual de vacinação contra a febre aftosa, voltada para animais de até 24 meses de idade. No Noroeste do Paraná, aproximadamente 400 mil bovinos e bufalinos deverão ser imunizados.
De acordo com o supervisor regional da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) em Paranavaí, Carlos Costa Junior, até a tarde de anteontem os produtores haviam comprovado a vacinação de 67% dos rebanhos, ou seja, perto de 268 mil animais.
Ele explicou que a comprovação pode ser feita pessoalmente, em um dos escritórios locais da Adapar ou pela internet (www.adapar.pr.gov.br). É preciso ter nota fiscal da compra das doses da vacina e informações sobre o rebanho.
Quem perder o prazo para comprovar a imunização dos animais estará sujeito às penas cabíveis: autuação e multa. Os valores variam de acordo com a quantidade de animais. O produtor com até dez unidades será multado em aproximadamente R$ 1.000. Acima de dez animais, cerca de R$ 100 por cabeça.
STATUS SANITÁRIO – Costa Junior destacou que esta será a última campanha de vacinação contra a febre aftosa no Paraná. É que o Ministério da Agricultura e Abastecimento conferiu ao estado a condição de área livre da doença sem vacinação.
Esse status sanitário permitirá a toda a cadeia produtiva da pecuária ampliar as negociações com o mercado externo, já que muitos países exigem esse título para importarem carne, leite e derivados.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.