Local
O presidente estadual da OAB-PR (Ordem dos Advogados do Brasil – Secção do Paraná), Cássio Telles, defendeu neste fim de semana, em Paranavaí, que os advogados são “semeadores de pacificação. Assim a advocacia tem que ser entendida. Evidentemente que as doenças sociais ocorrem nos relacionamentos – isso é natural. E nós estamos aí exatamente para tentar compor, aproximar as pessoas para que vivam com mais felicidades, com mais bem-estar. O papel do advogado é esse”.
O comentário foi feito ao ser questionado sobre o futuro da advocacia no Brasil. “O futuro da advocacia continuará sendo o futuro da essencialidade do advogado para resolver os conflitos sociais. Ele não deixará de existir”, afirmou ele, que não considera os avanços tecnológicos sejam um obstáculo à profissão. “A robotização, inteligência artificial, toda essa modernização tecnológica virá para aplicar em nosso dia a dia. Quem não se atualizar talvez fique para trás. Mas ainda está surgindo muitas áreas novas no Direito”, disse o presidente.
Telles afirmou que, na sua opinião, a advocacia caminhará também por outros caminhos. “A advocacia consultiva, preventiva, vai crescer muito, (assim como) a advocacia do acordo, da mediação, da conciliação. Isso vai crescer muito e vai exigir uma atualização da profissão. Nós vamos ter que aprender alguns conceitos que não sabíamos. A advocacia continuará sendo essencial para que a vida em sociedade seja harmônica”, enfatizou Cássio Telles.
HOMENAGEM – O presidente Cássio Telles veio a Paranavaí para prestigiar os 1º Jogos Internos da OAB Paranavaí, que reuniu atletas da subseccional local e das de Nova Esperança e Loanda. Foram disputados torneio de futebol suíço, vôlei, corrida e truco. Jogos aconteceram na sede da Advog, parceira do evento junto com a Caixa do Advogado.
Sobre a confraternização, Telles disse que “este é o grande papel da OAB, promover a união, a confraternização. É lógico que a gente tem este lado da defesa institucional da advocacia, a valorização, honorários, prerrogativas, mas hoje estamos aqui em momento de alegria. Precisamos ter isso, somos uma classe que enfrenta percalços no dia a dia, a gente sofre bastante no exercício profissional e financeiramente também – hoje a advocacia está sofrendo, mas a gente mantém a alegria e o entusiasmo”.
A OAB de Paranavaí está comemorando seus 45 anos de instalação. E para comemorar o Jubileu de Rubi, a Subsecção criou a Comenda do Rubi, com a qual está agraciando aqueles que deram valiosa contribuição para o fortalecimento da advocacia e do sistema jurídico.
Telles deveria receber a Comenda quando aconteceu o Jantar Dançante do Rubi, em agosto, mas ele não pode comparecer. Por isso, a Ordem aproveitou sua presença na cidade para lhe entregar a Comenda. “Eu fico muito emocionado. Paranavaí foi uma subsecção pela qual sempre tive carinho especial, desde o tempo em que fui vice-presidente (da OAB Estadual)”.
A entrega da Comenda foi feita pela presidente da OAB-Paranavaí, Célia Zanatta e o ex-presidente Anderson Donizete dos Santos, atualmente conselheiro estadual. “Tenho muitos amigos e amigas aqui. Então eu fico emocionado com essa comenda. Não pude estar aqui no dia da comemoração do Jubileu de Rubi e hoje acabo tendo esta surpresa. Eu não sabia da homenagem e fiquei emocionado. Agradeço muito esse carinho que têm por mim e saibam que a recíproca é muito verdadeira. Eu tenho um carinho enorme pela subsecção de Paranavaí, pela presidente Célia, por toda Diretoria, nosso conselheiro Anderson. Como disse, tenho aqui grandes amigos e amigas”.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.