Local
REINALDO SILVA
Nesta quarta-feira (15), professores e demais funcionários de escolas estaduais de todo o Paraná participarão de atos públicos contra a proposta de reforma previdenciária. Em Paranavaí, a manifestação terá início às 10 horas, na esquina das ruas Getúlio Vargas e Marechal Cândido Rondon.
De acordo com levantamento preliminar da APP-Sindicato, a adesão ao protesto deverá ser parcial na maioria dos estabelecimentos de ensino de Paranavaí. Em alguns municípios da região, haverá paralisação total das atividades pedagógicas.
A recomendação da entidade sindical é que os estudantes não compareçam às respectivas as escolas. Já o Núcleo Regional de Educação informa que o calendário letivo será mantido, por isso, é preciso que estejam no estabelecimento onde estudam, no horário normal de aula.
A paralisação das atividades pedagógicas deverá acontecer em municípios de todo o Brasil. No entendimento dos sindicatos que representam os educadores, as mudanças na previdência social prejudicam as classes mais pobres, os profissionais do magistério e os trabalhadores rurais. 
Os educadores também são contra os cortes de verbas anunciados recentemente pelo Ministério da Educação para universidades e institutos federais. A medida afeta, entre outros segmentos, as pesquisas desenvolvidas dentro dessas instituições. Sendo assim, o protesto dos educadores deverá ter o reforço de estudantes da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) e do Instituto Federal do Paraná (IFPR).

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.