Local
REINALDO SILVA
Durante a passagem por Paranavaí, na tarde de ontem, o governador Ratinho Junior falou sobre o programa de irrigação que garantirá facilidades e vantagens para os produtores rurais do Paraná. “O objetivo é fazer com que ganhem mais e, assim, gerem mais emprego e renda. Isso melhora a região e promove o desenvolvimento”, disse.
Foi no encerramento do 1º Fórum de Irrigação, realizado no parque de exposições. O evento apresentou para agricultores, pecuaristas, empresários e profissionais técnicos, a importância de investir em inovação, especialmente no Noroeste do Paraná, onde o solo arenoso dificulta as produções rurais.
Nesse sentido, o uso eficiente da irrigação promete solucionar grande parte dos problemas enfrentados pelos agricultores e pecuaristas. 
Por isso, Ratinho Juninho disse que aqueles que adotarem o sistema de maneira organizada e com acompanhamento técnico terão direito a redução de impostos sobre a compra de equipamentos, linhas de crédito com juros baixos e apoio de profissionais de uma das principais cooperativas do Paraná, a Cocamar.
O secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, afirmou que a irrigação é um dos melhores caminhos para tornar fértil o solo frágil. Com isso, é possível pensar em novas culturas e tentar mudar a realidade para melhor. “Traz resultados em tempo curto.”
Para o secretário de Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Márcio Nunes, o uso inteligente da irrigação permite “fazer agricultura 365 dias por ano”. Os efeitos, disse, são a geração de emprego e renda, o aumento na arrecadação de impostos e a movimentação da economia.
O presidente do Conselho Administrativo da Cocamar, Luiz Lourenço, cooperativa que promoveu o Fórum de Irrigação, disse que a técnica transformará a agropecuária de todo o Noroeste do Paraná, aumentando a produtividade. Também impulsionará as integrações lavoura-pecuária-floresta e todas as combinações possíveis.
Diante disso, o governador afirmou: “Não é inteligente ter terra com duas cabeças de gado em um alqueire. Não gera rendimentos”. O papel do governo, enfatizou Ratinho Junior, “é criar facilidades para termos terras cada vez mais produtivas”.
Representante da Sociedade Civil Organizada, Demerval Silvestre avaliou que a irrigação da maneira como se propõe fará com que o Noroeste do Paraná seja importante produtor de grãos. Ele também prestou homenagens a Ratinho Junior e Norberto Ortigara, entregando-lhes placas em nome de toda a sociedade civil.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.