Local
O Sindicato Rural de Paranavaí abriu as inscrições para o curso Liderança Rural, que tem por objetivo potencializar a capacidade transformadora dos líderes do setor e fomentar o surgimento de novos protagonistas do campo. O curso é gratuito e é uma iniciativa do Sistema FAEP/SENAR-PR (Federação da Agricultura do Estado do Paraná – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae-PR). Ele foi desenvolvido pelo Sebrae-PR especificamente para o produtor rural, a partir de demandas e parâmetros solicitados pela Federação.
A capacitação é realizada em dois módulos, totalizando 24 horas. O primeiro módulo será nos dias 9 e 10 de outubro e o segundo no dia 16 do mesmo mês.
Segundo o presidente do Sindicato e vice-presidente da FAEP, Ivo Pierin Júnior, a ideia deste curso surgiu durante o 1º Encontro Regional de Líderes Rurais. E ele está sendo realizado dentro das estratégias do Programa de Sustentabilidade Sindical, desenvolvido pela Federação desde o início de 2018. De acordo com o líder ruralista, o mundo passa por grandes transformações e é preciso dar ferramentas aos produtores para eles se atualizarem.
De acordo com o Sebrae, que desenvolveu o curso, o foco da capacitação é dar instrumentos aos participantes para que possam refletir sobre o próprio papel e, a partir disso, exercer papel de liderança. “O programa foi desenvolvido de forma muito dinâmica, com foco central no comportamento humano. A gente quer criar condições para que as pessoas se percebam e que possam, com isso, promover mudanças estratégicas no seu jeito de ser e, por consequência, se tornarem líderes mais efetivos”, aponta o consultor Celso Garcia, do Sebrae-PR, e um dos responsáveis pelo treinamento. 
MÓDULOS – O primeiro módulo acontece em dois dias consecutivos, atingindo 16 horas de capacitação. Neste período, os participantes passarão por um processo de autoconhecimento, identificando o próprio perfil e reconhecendo seus talentos e limitações. Esta etapa também contempla os diferentes estilos de liderança, além de trabalhar métodos para trabalhar em equipe, construir consenso e cooperação. 
“O ponto de partida é o autoconhecimento. O participante é convidado a exercitar uma percepção sobre si mesmo. A partir do momento em que ele se conhece acaba trabalhando a sua relação com os outros de forma muito mais efetiva”, exemplifica Garcia. 
O segundo módulo ocorre duas semanas após a primeira etapa, com carga-horária de oito horas. Nesta fase, os participantes serão convidados a fazer uma análise do sindicato rural do qual fazem parte e sua região, identificando oportunidades para inovar e criar soluções de fortalecimento para o setor rural.
“A ideia é que, a partir dessas reflexões, os novos líderes possam efetivar seu potencial de liderança para transformar sua sociedade e desenvolver o meio em que vivem”, resume o consultor do Sebrae-PR.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.