Local
O Sindicato Rural de Paranavaí se credenciou junto ao CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) para prestar assistência agropecuária e agora está fazendo projetos para financiamentos agrícolas, ampliando os serviços oferecido aos seus associados e a produtores rurais em geral.
Operações de crédito através dos programas nacionais de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e alguns financiamentos especiais precisam de projetos de viabilidade técnica e econômica. Eles são exigidos pelos agentes financeiros.
Segundo o técnico agrícola Claodemir Grolli, que lidera a equipe técnica, formada também por um agrônomo e um veterinário, o projeto deve constar a área a ser plantada e qual cultura, análise de solo, qual tecnologia será usada (sistema de preparo de solo, calagem, adubação, herbicida etc), que será indicada pelos técnicos e decidida junto com o produtor. “O projeto deve demonstrar a viabilidade da cultura, sua produtividade, orçamento de custo e se os custos estão dentro do limite definido pelo Plano Safra. Há limite por cadastro (CPF) e por cultura”, explica ele.
O Sindicato Rural já faz o CAR Cadastro Ambiental Rural), que trata de Reservas Legais e Reservas de Floresta, além de projetos de manejo de solo, bem como projetos de custeio da mandioca, custeio e investimento de pecuária de corte e de leite e avicultura.
Ao fazer o seu projeto de financiamento agrícola no Sindicato, além de fortalecer a entidade e, por consequência, a própria classe, o produtor filiado gozará de desconto especial. O não filiado não terá o mesmo desconto, mas vai pagar um dos menores – se não o menor – preço de mercado pelo serviço.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.