Local
REINALDO SILVA
A temperatura mínima registrada em Paranavaí ontem foi de 19 graus. Nesta quarta-feira, a previsão é que os termômetros marquem 17 graus, com tendência de queda ainda maior na quinta-feira, podendo chegar a 11 graus. 
As previsões do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) apontam para situações que podem provocar diferentes tipos de síndromes respiratórias. O tempo frio e a baixa umidade relativa do ar causam o ressecamento de mucosas, deixando o organismo mais suscetível a problemas alérgicos na garganta e no nariz, afetando, também olhos e pele.
O último registro de chuva feito em Paranavaí foi no dia 15 de julho. Desde então, apesar das variações de temperatura, o ambiente é de baixa umidade do ar. Mesmo assim, o número de internações na Santa Casa por causa de síndromes respiratórias não teve grandes mudanças. O quadro está dentro da normalidade, segundo a enfermeira Marily Vasconcelos Gomes. 
Para não sentir o agravamento dos problemas de saúde causados por essas condições do tempo, é preciso ter uma série de cuidados. Beber bastante água (em média dois litros por dia), umedecer o ambiente, utilizar soro fisiológico para lavar o nariz, manter a casa limpa e arejada são algumas medidas que minimizam os sintomas.
Outra orientação é evitar locais com aglomerações, pelo risco de transmissão de vírus que causam síndromes respiratórias. Em todo o Paraná, 461 pessoas morreram ao longo deste ano em decorrência desses problemas. 94 foram vítimas de gripes do tipo viral Influenza, quatro delas em Paranavaí.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.