Local
REINALDO SILVA
Esta sexta-feira (31) é o último dia para comprovar a vacinação de rebanhos bovinos e bufalinos contra a febre aftosa em todo o Paraná. O procedimento é obrigatório para todos os produtores que têm animais de até 24 meses de idade. Em toda a região Noroeste, são cerca de 400 mil.
Para fazer a comprovação, depois de imunizar os animais, é necessário apresentar a nota fiscal da compra das doses da vacina e as informações sobre o rebanho. Os documentos devem ser levados a um escritório local da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar). Os produtores também têm a opção de declarar a vacinação pela internet, no site da Adapar (www.adapar.pr.gov.br).
Quem perder o prazo estará sujeito a autuação e multa. Os valores variam de acordo com a quantidade de animais. Até dez unidades, multa de aproximadamente R$ 1.000. Acima de dez animais, cerca de R$ 100 por cabeça.
De acordo com o supervisor regional da Adapar em Paranavaí, Carlos Costa Junior, esta será a última campanha de vacinação contra a aftosa no Paraná, pois o Ministério da Agricultura e Abastecimento conferiu ao estado a condição de área livre da doença sem vacinação. Isso permitirá a toda a cadeia produtiva da pecuária ampliar as negociações com o mercado externo, já que muitos países exigem esse título para importarem carne, leite e derivados.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.