Local
REINALDO SILVA
Pouco mais de 28.700 pessoas foram vacinadas contra a gripe nos municípios do Extremo-Noroeste do Paraná. O número representa menos da metade do público-alvo definido pelo Ministério da Saúde para a região, que é de 62.558. 
A campanha de vacinação teve início no dia 10 de abril e se estenderá até 31 de maio. É voltada para crianças de seis meses a cinco anos de idade, trabalhadores na área da saúde, gestantes, mulheres que deram à luz há até 45 dias (puérperas), idosos, professores e pacientes com doenças crônicas.
O índice de cobertura vacinal entre as crianças é de 60,15%. No grupo dos profissionais de saúde, 29%. Significa que das 19.132 pessoas incluídas nesse grupo, 11.508 foram imunizadas. Das 2.711 gestantes do Extremo-Noroeste, 1.723 receberam a vacina, alcançando 62%. Entre as puérperas, o índice foi de 84%.
Dois grupos prioritários ainda estão com cobertura vacinal abaixo de 50%. O menor índice foi identificado entre os profissionais da saúde: das 5.577 doses destinadas a esses trabalhadores, 1.648 foram distribuídas (29%). Em relação aos idosos, apenas 39% foram imunizados.
O município com maior cobertura é São Pedro do Paraná, que já distribuiu 76% das doses de vacina contra a gripe. Em Paranapoema, foram 74%. Em Itaúna do Sul, 73%. São Carlos do Ivaí e São João do Caiuá alcançaram 72% do público-alvo.
As menores taxas de vacinação foram identificadas em Cruzeiro do Sul (5%), Nova Londrina (8%) e Nova Aliança do Ivaí (10%). Ao todo, 15 municípios, inclusive Paranavaí (45%), estão com índices menores do que 50% de cobertura vacinal.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.