Local

Os dias que antecederam o Natal foram marcados por chuvas em Paranavaí. A condição adversa do tempo interferiu diretamente no movimento em lojas do Centro e dos bairros. A avaliação foi feita pelo gerente-executivo da Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (Aciap), Carlos Henrique Scarabelli.
Com base em registros do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), a Aciap calculou crescimento de apenas 2,4% nas vendas, entre 1º e 24 de dezembro, considerando o mesmo período de 2018.
Durante a primeira quinzena do mês, os números apontavam para elevação. Foram 16,56% a mais do que na primeira metade de dezembro do ano passado. O desempenho gerou expectativas, mas não se consolidaram. Ainda de acordo com os dados do SCPC, de 16 a 24 deste ano houve redução de 19,02% em relação aos mesmos dias de 2018.
“Por outro lado, houve aumento de 15,79% de exclusões da base de dados da Aciap”, destacou Sacarabelli. Significa que grande parte dos consumidores inadimplentes aproveitou os recursos adicionais do 13º salário e do Fundo de Garantia por Tempo de Trabalho (FGTS) para quitar dívidas. Segundo o gerente-executivo, o total de débitos saldados no período foi de R$ 250.565,97.
EXPECTATIVAS PARA 2020 – As perspectivas de crescimento estão depositadas em 2020. “Acreditamos na retomada”, afirmou Sacarabelli, ao projetar melhora no cenário econômico do país.
O gerente-executivo da Aciap também apostou na realização das grandes liquidações que tradicionalmente são feitas em janeiro. Além disso, adiantou que a Aciap lançará uma grande campanha de fomento ao comércio local: Big Bang 2020, de 10 a 15 de fevereiro.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.