Região
Precisamos repensar o modelo de sociedade que construímos. Os adolescentes clamam por um convívio de igualdade, sem preconceito, sem bullying, sem discriminação, com mais igualdade e mais afeto, inclusive dentro das famílias. Também é preciso ter em mente que o consumo pelo consumo não satisfaz.
Em São Pedro do Paraná, através da Secretaria de Saúde e Assistência Social, foi realizada uma maratona de palestras nas escolas do município e muitos alunos relataram por escrito que não estão satisfeitos. As atividades fazem parte do “Setembro Amarelo”, mês de conscientização sobre o suicídio. 
“Precisamos cuidar de nosso futuro e os adolescentes e jovens são aqueles que herdarão nosso planeta. Façamos um brinde à vida, oferecendo afeto, escuta atenta, olhares afetuosos e círculos de paz”, disse uma das palestrantes.
O psicólogo Adalberto Sabino agradeceu a direção das escolas que acolheram e cederam espaço para o momento de reflexão. “Agradeço ainda aos professores e alunos que se permitiram sonhar com um mundo sem violência”.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.