Saúde

A incidência de casos de Covid-19 tem diminuído a cada semana no Noroeste do Paraná. A média entre os municípios que compõem a área de abrangência da 14ª Regional de Saúde está entre as menores do Estado, atrás apenas de Guarapuava, Irati e União da Vitória. No entanto, a oscilação no número de internações hospitalares ainda preocupa. Na tarde de ontem, por exemplo, 70% dos leitos de UTI da Santa Casa de Paranavaí estavam ocupados.

Chefe regional de Vigilância e Epidemiológica, Samira Silva avaliou: “Não podemos dizer que a situação é confortável. Precisamos manter os cuidados, ou brevemente teremos uma nova onda de casos e óbitos. A responsabilidade é de todos”. Ela chamou a atenção para a necessidade do uso de máscaras e da higienização frequente das mãos, além de evitar aglomerações de pessoas.

Quando o número de casos positivos começa a diminuir e os óbitos deixam de acontecer, a tendência é que as pessoas se sintam mais tranquilas e relaxem. Pesa também o fato de estarem cansadas das limitações quanto aos afazeres rotineiros. “Mas apelamos para que tenham consciência. Tudo precisa acontecer com cautela, aos poucos, para não perdermos o controle e o trabalho realizado incansavelmente durante os últimos sete meses”, disse Samira.

Até o dia 26 de setembro, data da última atualização dos números no Noroeste do Paraná, a região contabilizava 42 mortes provocadas por Covid-19: 16 em Paranavaí; 4 em Marilena; 3 em Loanda, Paraíso do Norte e Santa Isabel do Ivaí; e 1 em Alto Paraná, Cruzeiro do Sul, Guairaçá, Inajá, Mirador, Nova Londrina, Santo Antônio do Caiuá, Santa Cruz de Monte Castelo, Santa Mônica, São João do Caiuá, Tamboara e Terra Rica.

ÚLTIMA SEMANA – Entre os dias 20 e 26 de setembro, os municípios com maior incidência de casos de Covid-19 foram Itaúna do Sul, Porto Rico, Alto Paraná e Santa Isabel do Ivaí, respectivamente, 174, 156, 81 e 70. O cálculo é feito proporcionalmente ao número de moradores, considerando como se cada município tivesse 100 mil habitantes.

Com 77 confirmações ao longo da semana passada, a incidência de casos no Noroeste do Paraná ficou em 27 para cada grupo de 100 mil habitantes. Nas semanas anteriores, a região alcançou incidência de 25 (13 a 19 de setembro), 30 (6 a 12 de setembro), 29 (30 de agosto a 5 de setembro) e 26 (23 a 29 de agosto) pacientes com Covid-19 a cada 100 mil moradores.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.