Região

De 1º de janeiro a 25 de dezembro deste ano, a Prefeitura de Paranavaí contabilizou 1.288 casos positivos de dengue. Outros 224 registros de pacientes com sintomas da doença estão sendo analisados, ou seja, o número pode crescer. O quadro é de epidemia.
Outros municípios do Noroeste do Paraná também estão em situação epidêmica. Em boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), aparecem na lista Inajá e Santa Isabel do Ivaí. Em Diamante do Norte, Guairaçá e São Carlos do Ivaí estão o cenário é de alerta total.
A eficiência do combate à dengue esbarra em uma série de problemas. O principal é a falta de conscientização dos moradores: descartam lixo de maneira irregular em terrenos baldios, fundos de vale e vias públicas. Também não fazem a limpeza correta dos quintais.
Por outro lado, é necessário que o poder público atue de maneira mais enfática na fiscalização e na punição das pessoas que não eliminam focos de dengue. Cabe, ainda, às administrações municipais, executar as devidas manutenções em galerias de captação de água e nos prédios públicos.   

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.